Crianças em uma mesa, desenvolvendo atividades de desenho e pintura no IPREDE (Foto: Clarice Nascimento/PREX-UFC)
O projeto de extensão desenvolve diversas atividades com crianças que estão em atendimento no IPREDE (Foto: Clarice Nascimento/PREX-UFC)
Sociedade e Cultura

Ateliê do IPREDE: a arte como aliada do desenvolvimento infantil

Projeto promove arte e educação por meio de atividades lúdicas com crianças atendidas no Instituto Primeira Infância

A primeira fase do desenvolvimento humano é chamada primeira infância e compreende os seis primeiros anos de vida, período determinante para a capacidade cognitiva e a sociabilidade. Nessa fase da infância, ao ser estimulada por diversas atividades, a criança irá progredir em suas aptidões e interesses. Com base nisso, o projeto de extensão Ateliê do IPREDE atende crianças de forma multidisciplinar, através de atividades como práticas teatrais, desenho e contação de histórias.

Iniciado em 2017, o Ateliê do IPREDE beneficia atualmente cerca de mil crianças através do ensino, da pesquisa e da extensão. O projeto nasceu com foco no teatro para crianças. A Profª Carolina Vieira, do Instituto de Cultura e Arte (ICA) da Universidade Federal do Ceará e coordenadora do projeto, comenta que, inicialmente, buscou concretizar apenas essa ideia, mas, ao compreender as possibilidades de atuação na instituição, uniu esforços para fazer algo mais amplo. Para isso, reuniu-se com outros professores, como Luciane Goldberg, da Faculdade de Educação (FACED), e Pedro Henriques, do curso de licenciatura em Teatro. Voluntariamente, as contações de histórias começaram no dia a dia do IPREDE e resultaram no projeto de extensão.

Durante as manhãs de segunda a sexta-feira, alunos da UFC que participam do projeto da UFC recebem crianças que estão em atendimento na sede do IPREDE (Rua Professor Carlos Lobo, 15, Cidade dos Funcionários). Entre as atividades, elas fazem pinturas, participam de performances teatrais e encenam diálogos com os integrantes do projeto. Tudo é lúdico e faz parte de uma grande brincadeira com o objetivo de colaborar com o desenvolvimento infantil, por meio da educação e da experiência estética.

Crianças e seus familiares sentados em cadeiras durante momento de atividades no IPREDE (Foto: Clarice Nascimento/PREX-UFC)
O projeto nasceu com foco no teatro voltado para crianças (Foto: Clarice Nascimento/PREX-UFC)

A atual bolsista de extensão do projeto, Renata Milena, é aluna de licenciatura em Teatro da UFC e entrou no projeto em 2018, no âmbito das disciplinas do curso envolvidas com o ateliê, onde Renata atua na organização do material, na preparação criativa de espetáculos e na produção dos cursos de extensão ofertados à comunidade (leia mais sobre os cursos no fim da matéria).

Segundo ela, a experiência de participar de um projeto de extensão como esse proporciona aos estudantes o aprimoramento do contato com as crianças, principalmente pelo fato de que muitos são futuros arte-educadores e precisarão ter leveza para compreender a necessidade desse público. Assim, para Renata, a experiência tem trazido contribuições importantes para sua trajetória.

Criança brincando deitada no chão, ao lado de uma mulher que parece ser a mãe dela (Foto: Clarice Nascimento/Especial para Agência UFC)
Uma das prioridades do projeto é fortalecer o vínculo entre alunos e professores com as crianças e seus familiares (Foto: Clarice Nascimento/Especial para Agência UFC)

Enquanto as crianças entram na fantasia do teatro, algumas mães e avós assistem atentas às atividades. A ação de extensão visa estabelecer um vínculo entre a equipe do projeto, as crianças e suas famílias. O projeto atua em oito eixos de ação: atendimento, eventos, cursos de aperfeiçoamento, simpósio arte, cultura e primeira infância, promoção do Teatro de Primeira (mostra universitária de teatro para a primeira infância), formação de professores, apoio a desenvolvimento de pesquisas e consultoria de projetos.

As atividades que ocorrem durante o acolhimento das pessoas que estão esperando atendimento no IPREDE fazem parte de um dos principais eixos do projeto. É um trabalho que deu tão certo que ex-alunos, que atuaram nele, agora integram a equipe de funcionários da instituição. Outro eixo de bons resultados é o Teatro de Primeira, uma mostra universitária de teatro para as crianças atendidas que ocorre durante 15 dias.

Menino sentado fazendo desenho e pintura em uma folha de papel que está sobre uma mesa (Foto: Viktor Braga/UFC)
Atualmente, o projeto atende cerca de mil crianças, por meio de atividades como desenho, teatro e contação de história (Foto: Viktor Braga/UFC)

A Profª Carolina Vieira comenta que, como docente da licenciatura, vê como uma necessidade formar professores de arte para trabalhar com crianças. Para ela, o trabalho do projeto tende a repercutir no futuro dos participantes, especialmente ao permitir que eles compreendam a relevância da escuta do outro. “Eu percebo um ganho qualitativo na abordagem da arte com a criança, e isso é algo muito importante nesse trabalho. Pensando na dimensão do nosso mundo, é pequeno, mas é potente. É encantador”, finaliza a coordenadora do projeto.

OFERTA DE CURSOS

O Ateliê do IPREDE fornece, anualmente, cursos de formação para o público em geral. Com vagas limitadas, as capacitações são separados em módulos, como desenho, teatro, circo e história. Todo o valor arrecadado com os cursos é revertido para a manutenção das atividades do ateliê. A mostra universitária de teatro é realizada a cada ano no próprio IPREDE, também aberta ao público, com sessões pela manhã e à tarde. Neste ano, o festival ocorre de 24 de junho a 5 de julho e contará com a participação de estudantes e professores do Curso de Teatro. Mais informações na página do Instituto Primeira Infância no Facebook, no perfil do ateliê no Instagram e pelo e-mail do projeto (atelie@iprede.org.br).

SAIBA MAIS

Fundado em 1986, o IPREDE, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PREX) da UFC, é o maior projeto de extensão na área de saúde da Universidade. Desenvolve programas, ações e serviços em articulação com os diversos setores da sociedade, com fins públicos, tendo foco na nutrição e no desenvolvimento na primeira infância. Em 2018, o instituto passou a contar com os Cadernos da Primeira Infância ‒ publicação semestral contendo diversos artigos científicos relacionados à temática.

Clarice Nascimento, sob orientação de Narjara Pires

Fonte: Profª Carolina Vieira, coordenadora do projeto Ateliê do IPREDE ‒ e-mail: carolinavieira.teatro@gmail.com

USE NOSSAS MATÉRIAS